Pesquisar este blog

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Vinhos

A minha história com vinhos é bem parecida com a gastronomia.
Família italiana de todos os lados (Papa e Paschoal), não precisa dizer mais nada, né?
Meu avô Papa morou anos em São Roque, e ele só comprava o vinho do sr. Zé. O seu Zé cultiva uvas no quintal de casa e faz vinhos (e vinagres), como é o vinho? Ácido como vinagre e marrento pelas uvas colhidas verdes... O vô sempre falava que o vinho do seu Zé era o melhor do mundo, os vinhos importados eram péssimos para ele.
Meu avô Paschoal viajou muito pelo mundo e nos trouxe uma cultura de vinhos e champagnes diferente, tivemos acesso à Veuve Clicquot, Freixenet (que ele adorava), entre outros.
Nos dois casos eles estavam o tempo todo nos dando goles ou taças e copos...
Atualmente estou trabalhando em uma loja de vinhos e no wine bar, tenho feito alguns cursos bem bacanas.
Aqui em Sorocaba fiz um curso com o Zé Carlos (um apaixonado pelo vinho) na Padaria Real, vale a pena para quem gosta de vinhos.
Em São Paulo fiz um curso na Wine Spirit com o Eugenio, bem legal também, mais voltado para quem trabalha com vinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado, comentário, observação, será bem vindo...