sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Prime Rib

Bom que eu sou fã da Cowpig não é segredo, outro dia fiz um Prime Rib suíno.
Dessa vez não usei cerveja Bamberg, mas usei shoyo e alecrim que combinam muito com carne de porco.
Também usei sal rosa que ganhei da Gisele (foi um brinde da Sadia).



Para quem não sabe:

Sais são cristalinos, brancos ou coloridos, quase sem aroma. O branco é o mais comum. O sal é fundamental na cozinha. Os cristais duros desaparecem em contato com a água, mas transformam caldos insípidos em pratos cheios de vida. Quimicamente, o sal nada mais é que cloreto de sódio, constituído de 40% de sódio e 60% de cloro, substâncias indispensáveis à vida, que, com o potássio, desempenham papéis vitais no organismo, mantendo o equilíbrio hídrico, a pressão osmótica dos fluidos corpóreos e o potencial elétrico das células. Entre os tipos de sal há variações pequenas nas proporções dos outros minerais, que é o que dá a peculiaridade a cada um. O produto já foi raro, mas hoje não há carência e seu preço é baixo. A raridade fica por conta dos sais estrangeiros coloridos, como o sal rosa do Himalaia, na Ásia. Os depósitos ficam ao pé da montanha, formada há milhões de anos, quando a região era banhada por mar. O sal pode ser encontrado no mercado em torrões grandes, pequenos ou já triturados. O lindo tom vem dos minerais presentes, que também contribuem para que seu sabor se diferencie dos demais, com toque metálico agradável e suave. O ferro, por exemplo, dá o tom avermelhado e o manganês, o laranja, resultando num salmão brilhante. A diferença de sabor com outros sais não é gritante; portanto, dependendo do uso, se perde no preparo. Na comida, vale mais pelo charme e por saber que é mais puro, sem a adição de iodo. Não é, pois, para ser usado em pratos com caldo. Mas, como sal de mesa ou de finalização, é ótima pedida. Vai bem com carnes grelhadas, saladas com molho de azeite de oliva, legumes salteados na manteiga ou qualquer outro alimento preparado, em especial os que tenham mais gordura do que água, para que não se dilua rapidamente.


Saúde
É ruim para: Quem sofre de hipertensão arterial (pressão alta), que precisa reduzir o teor de sódio da dieta; e pessoas com gastrite, porque o excesso de sal pode também irritar o estômago.

É bom para: Ser consumido com moderação por quem é saudável, pois realça o sabor dos alimentos, melhorando o apetite; e contribuir para a dieta com pequena quantidade de minerais.

Ficha técnica

100 g de sal rosa contêm:
Magnésio -
32,7 mg
Potássio - 8 mg
Selênio -
3,03 mcg
Sódio -
38752 mg
Zinco - 0,388 mg
Calorias - 0
Proteínas - 0 g
Carboidratos - 0 g
Cálcio - 45 mg
Cobre - 0,018 mg
Ferro - 0,103 mg
Como se escolhe
Pode ser adquirido em lojas de temperos e nos supermercados que dispõem de uma ampla linha de temperos importados, em especial nos grandes centros urbanos. Em torrões grandes e miúdos, ou ainda finamente triturado em cristais, pode ser encontrado na versão importada ou de marca nacional, também importado porém embalado pelos distribuidores. Confira a coloração, que deve ser rosada ou salmão. Verifique no rótulo dados como o prazo de validade e a procedência. Se não encontrar sal rosa do Himalaia, você pode substituí-lo pelo sal rosa do Peru. Observe se o produto não está úmido, melado ou pedrado. Só compre se estiver bem seco e solto.
Como se prepara
Como é higroscópico (atrai água), não deve ser colocado com muita antecedência em carnes a grelhar, pois faz exsudar seus líquidos, deixando-as ressecadas. Pequena quantidade pode ser usada em pratos doces. Uma pitada nos pães, bolos e mingaus ajuda a equilibrar o sabor. Tem composição similar - o mesmo cloreto de sódio - à do sal comum e vários teores de outros minerais. Por isso, o interessante é tirar proveito de sua pureza, já que não recebe aditivos, e da cor atraente. A melhor maneira de explorar suas virtudes é usá-lo na finalização dos pratos. Sirva sobre azeite de oliva, manteigas, cremes, peixes grelhados ou qualquer prato mais gorduroso do que aguado. Use para temperar salada de abacate

http://caras.uol.com.br/noticia/sal-rosa-do-himalaia#image0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado, comentário, observação, será bem vindo...